Idosos de 70 anos podem tomar dose de reforço a partir desta sexta-feira (1º/10)

É necessário ter tomado a 2ª dose há pelo menos seis meses

atualizado 30/09/2021 18:13

Vacinação na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Idosos de 88 anos e antecipação da Pfizer para 50 anosAline Massuca / Metrópoles

Idosos a partir de 70 anos poderão receber, a partir desta sexta-feira (1º/10), a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. A nova faixa etária foi anunciada durante coletiva da pasta realizada nesta quinta (30/9).

Conforme explicou o chefe da Secretaria de Saúde, general Manoel Pafiadache, a diminuição da idade mínima ocorre após a baixa procura de pessoas acima dos 80 anos. Vale lembrar que só é possível tomar essa nova dose seis meses após ter recebido a 2ª dose.

Também nesta sexta, a partir das 14h, reabre o agendamento para imunossuprimidos graves que tenham tomado a segunda dose há pelo menos 28 dias.

Profissionais de Saúde também serão os próximos a receber dose de reforço

Mais cedo, Pafiadache, reforçou que a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 depende da chegada de mais imunizantes, enviados pelo governo federal. “Já está prevista para os profissionais da Saúde e para o público acima de 65 anos. Precisamos da regulação técnica do Ministério da Saúde e das doses. Vamos fazer a programação quando chegar. Está chegando a terceira dose”, disse o chefe da pasta.

Pafiadache também comentou que o DF está preparado para um possível aumento no número de casos da Covid-19 no DF. “Trabalhamos com a pior hipótese. Vamos continuar com os leitos, contratos com os hospitais de campanha. Se tivermos uma intercorrência e chegar a uma terceira onda, que eu espero que não aconteça, o GDF estará preparado”, concluiu.

As declarações do general ocorreram durante a nomeação de 396 profissionais para a Saúde do DF, em solenidade ocorrida na manhã desta quinta-feira (30/9), no Palácio do Buriti.

O Distrito Federal aplica, atualmente, a dose de reforço da vacina contra Covid-19 em idosos a partir de 80 anos e em pessoas imunossuprimidas. Segundo a Saúde, cerca de 40 mil pessoas na faixa etária já estariam aptas a receber o imunizante pela terceira vez.

0

Até então, apenas idosos a partir de 80 anos podiam ser vacinados com a dose de reforço. Conforme explicou o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, a baixa procura deste público vem preocupando as autoridades de saúde no DF. “A gente tem visto que ainda está com baixa aceitação. Foram apenas pouco mais de 2 mil vacinas aplicadas até o momento”, comenta.

Por este motivo, ele faz um apelo a esta população para que procure os postos e recebam a terceira dose. “Tem que vir. Mando um recado para os idosos, peço para que façam um esforço, é muito importante receberem esse reforço”, diz Valero.

Também na terça começa a vacinação de jovens com 12 anos com a primeira dose contra a Covid-19 no DF. Tanta o reforço, quanto a imunização de adolescentes só podem ser realizadas com a vacina da Pfizer.

Mais lidas
Últimas notícias