Idoso que desapareceu em passeio é encontrado morto em córrego no DF

Roldão Malaquias Nunes, 92 anos, saiu de casa para uma volta de bicicleta e não voltou. Ele estava desaparecido desde 27 de março

atualizado 07/04/2021 12:55

Acervo pessoal

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) encontrou dois corpos na tarde desta terça-feira (6/4). Um deles teve a identidade reconhecida pela família na manhã desta quarta-feira (7/4). Trata-se de Roldão Malaquias Nunes, 92 anos, desaparecido desde a noite de 27 de março.

Roldão foi encontrado dentro de um córrego, às margens da Estrada Parque Taguatinga (EPTG). “Encontramos um corpo, e ele foi reconhecido. Realmente, é o meu pai. Parece que o caseiro encontrou e acionou a polícia. Fizemos o reconhecimento hoje”, disse Remildes Ramos.

De acordo com os familiares, o idoso saiu de casa para um passeio de bicicleta e não voltou. “Ele gostava muito de dar uma volta de bicicleta. Andava quase todos os dias”, contou a filha.

Roldão foi visto pela última vez no centro de Taguatinga. “Um amigo da família o encontrou, conversou com ele. Ele disse que se despediram, mas ele estranhou, porque meu pai seguiu na direção de Águas Claras, não na de Ceilândia, onde moramos”, afirmou Remildes.

Ainda de acordo com a filha, Roldão estava sem os documentos. “Com a pandemia, ele saía muito pouco. Deixou todos em casa”, acrescentou.

O caso está registrado na 23ª Delegacia de Polícia (P Sul).

Últimas notícias