*
 

Idealizadora do Docinhos da Cidade, um projeto social promissor na Cidade Estrutural, Janaína Matta, 42 anos, morreu nessa terça-feira (10/7). A confeiteira levou capacitação a mulheres do local, uma das regiões mais carentes do Distrito Federal, e deu a elas uma opção para complementar a renda familiar com a venda das guloseimas.

Segundo a sócia dela, Jhenyfer Alves, Jana, como era conhecida, teve um mal súbito, foi socorrida, mas não resistiu. O comunicado do falecimento foi postado na página do projeto no Facebook.

O post lembra o legado de luta, solidariedade e amor ao próximo de Janaína e diz que somente o tempo e o consolo divino serão capazes de amenizar a dor. A doceria também se desculpa com os clientes que tinham feito encomendas para os próximos dias, por não poder garantir as entregas.

A história do projeto criado por Janaína foi contada pelo Metrópoles em 2017. Dona de um talento para criar e reproduzir receitas bem elaboradas, a doceira ensinava mulheres da comunidade sobre a produção de sobremesas com chocolate belga, caipirinha, capim santo, lavanda e mel, tâmara com manteiga de coco (diet), tortinha de limão, brulé, palha italiana, entre muitos outros.

Confira o comunicado do falecimento:

 

As guloseimas gourmet eram ensinadas pela chef de cozinha, que decidiu investir parte de seu tempo para ajudar a transformar a vida das moradoras da Estrutural. Ao lado de uma amiga, a administradora Mayara Freire, 32, Janaína fundou a ação social. Com a capacitação, a chef esperava que os doces servissem para as moradoras complementarem a renda de casa, aumentarem a autoestima e se sentissem mais empoderadas.

Enquanto Janaína ensinava as técnicas para fazer os brigadeiros, Mayara passava seus conhecimentos como administradora, para que as “alunas” pudessem se tornar empreendedoras.

No primeiro momento, os doces eram confeccionados na casa de uma moradora: ela cedeu dois cômodos para as aulas. Em agosto de 2017, o projeto mudou-se para um prédio alugado, que virou a nova sede da associação.