Ibaneis mantém restrições a bares e restaurantes: “Temos de cuidar da saúde da nossa população”

Para o governador do DF, é prioridade se preocupar com a pressão sobre a rede pública por causa da pandemia da Covid-19

atualizado 25/01/2021 12:13

Governador Ibaneis Rocha assina ordem de serviço para início das obras nas quadras 502 à 508 e 513 à 516 Sul e entrega reforma das quadras 509/510 SulJacqueline Lisboa/Especial Metrópoles

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também comentou, durante visita, na manhã desta segunda-feira (25/1), à fábrica Bthek Biotecnologia, no Polo de Desenvolvimento JK, em Santa Maria, que manterá as restrições a bares e restaurantes para conter o avanço do novo coronavírus no DF. Atualmente, os estabelecimentos devem fechar as portas às 23h. “Nós tivemos uma resposta muito positiva, tanto é que os números aqui no DF estão caindo, ao contrário do que vem acontecendo em outros locais do Brasil”, afirmou.

“A gente entende a reclamação de todos os eles [empresários e comerciantes], sabemos do impacto que ocorre na parte da economia, mas temos de nos preocupar com a nossa rede hospitalar e com a saúde da população, que nesse momento é o prioritário”, enfatizou.

“Nós temos de cuidar da saúde da nossa população. Isso, para nós, é mais prioritário do que abrir [para além do horário estabelecido atualmente] bares e restaurantes”, completou.

“Aqui no Distrito Federal, da maneira como está, nós conseguimos conduzir a crise sem nenhum tipo de problema e sem necessidade de maiores restrições. Então, com a população obedecendo, utilizando máscaras, tendo o distanciamento social e tomando os cuidados devidos, nós conseguimos levar a crise até que a vacina seja distribuída para toda a população”, finalizou Ibaneis.

Últimas notícias