Hospital do DF monta tendas refrigeradas para armazenamento de corpos

Segundo a Secretaria de Saúde, o objetivo é acomadar de forma digna os falecidos em decorrência da pandemia de Covid-19

atualizado 31/03/2021 12:08

Tendas instaladas para armazenar corpos no HRTDivulgação

O Hospital Regional de Taguatinga (HRT) está montando duas tendas refrigeradas para armazenamento de corpos de pacientes que morrerem em decorrência de Covid-19. A informação foi confirmada ao Metrópoles pela Secretaria de Saúde (SES), na noite desta terça-feira (30/3).

Segundo a pasta, a unidade de saúde tem uma câmara fria pequena e precisa montar os novos espaços para “acomodar de maneira digna e da forma mais adequada os corpos de óbitos por Covid-19”, que precisam ficar separados dos outros cadáveres.

De acordo com a diretoria do HRT, essa é uma questão humanitária. Pontuou ainda que a medida é no sentido de cumprir normas sanitárias para conter o novo coronavírus. Nesta terça, o DF bateu recorde de mortes por Covid-19 registrados em um único dia. Foram 94 óbitos em decorrência da doença.

Veja as imagens:

 

tenda

Leia a nota da Secretaria de Saúde na íntegra: 

“A direção do Hospital Regional de Taguatinga informa que está montando duas tendas refrigeradas no HRT, uma em frente à anatomia patológica e outra na manutenção. O objetivo é o de acomodar de maneira digna e da forma mais adequada os corpos de óbitos por Covid-19. O hospital tem uma câmara fria pequena e considera importante que pacientes vítimas da Covid fiquem separados dos outros corpos, cumprindo as normas sanitárias. As tendas servem para um melhor acondicionamento, a fim de dirimir a propagação da doença. Na avaliação do HRT, essa é também uma questão humanitária.”

Mais lidas
Últimas notícias