Homem invade casa, faz família refém, atira em PMs e é morto no DF

Ele fugia da polícia depois de ser flagrado, nesse sábado (15/1), com mais dois comparsas em um carro com tabletes de entorpecente

atualizado 16/01/2022 9:43

Carro branco com a frente amassada e porta abertaPMDF/Divulgação

Um homem foi morto a tiros por policiais militares, nesse sábado (15/1), após invadir uma casa na QNN 4, em Ceilândia, fazer os moradores reféns e atirar contra os PMs. Ele fugia depois de ser flagrado com mais dois comparsas em um carro com tabletes de entorpecente.

De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), no final da tarde, policiais faziam ronda em Ceilândia Sul quando avistaram um Ford Ka branco conduzido por uma mulher que aparentou nervosismo ao ver a viatura. Dois homens estavam como passageiros no veículo.

Após a suspeita, a PM deu ordem de parada, mas a motorista desobedeceu, acelerou e tentou fugir. Os militares seguiram o carro e, no percurso, os suspeitos arremessaram tabletes de entorpecentes na pista.

Na altura da QNN 2/4, a mulher colidiu contra outro Ford Ka, que estava estacionado. Os dois homens saíram correndo e subiram nos telhados das casas no Conjunto I da QNN 4.

Um deles conseguiu fugir. O outro, que estava armado, efetuou disparos contra os PMs. Em seguida, invadiu uma casa e fez os moradores reféns. Os policiais entraram na residência e encontraram o homem em um dos cômodos. Ele novamente atirou contra os militares, que revidaram, alvejando-o.

Veja imagens do caso:

0

O Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) chegou a socorrer o homem, que não foi identificado, e o encaminhou ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na unidade de saúde.

A PMDF apreendeu um revólver calibre .38 com quatro munições deflagradas e duas intactas e cerca de 6 kg de maconha. A mulher foi detida e a ocorrência, registrada na 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).

Mais lidas
Últimas notícias