Homem é condenado após matar jovem a facadas e golpes com pá

Paulo Dejair Ribeiro de Souza foi condenado pelo homicídio qualificado de Pedro Henrique Monteiro da Silva, em julho de 2019

atualizado 02/12/2021 21:10

Sede do TJDFTRafaela Felicciano/Metrópoles

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) condenou Paulo Dejair Ribeiro de Souza a 20 anos de prisão pelo homicídio qualificado de Pedro Henrique Monteiro da Silva. O caso ocorreu em julho de 2019, na Vila São José, em Brazlândia.

De acordo com as investigações, na noite anterior ao crime, a vítima teria se envolvido em uma briga com outro homem, que o teria ameaçado de morte. No dia seguinte, Paulo e três adolescentes invadiram a casa de Pedro e desferiram contra ele golpes de faca e pás, que resultaram na morte do jovem.

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) ofereceu denúncia contra Paulo Dejair e os outros dois acusados pelo homicídio.

O júri concluiu somente pela culpabilidade de Paulo, que deve cumprir a pena em regime fechado. De acordo com a sentença, o autor cometeu o crime por motivo torpe, uso de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

Ele ainda foi condenado por corromper e facilitar a corrupção de menores de 18 anos, com ele praticando infração penal ou induzindo-o a praticá-lo por três vezes. O crime é previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

“O condenado respondeu preso ao presente processo e os motivos que ensejaram sua decretação ainda persistem. O modus operandi do crime revelou grande perversidade e nenhum apreço pela vida humana, de modo que, em liberdade, a ordem pública estaria seriamente ameaçada”, destacou o juiz presidente.

Mais lidas
Últimas notícias