Homem anunciava piscinas pela internet e dava golpe nas vítimas no DF

Edvaldo Lopes Pereira teria feito pelo menos 10 vítimas e agora cumpre mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça

atualizado 22/03/2019 12:42

PCDF/Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu um homem acusado de anunciar piscinas de fibra pela internet e não entregar o produto. Edvaldo Lopes Pereira teria feito pelo menos 10 vítimas e cumpre mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça.

O homem agia há pelo menos três anos e sempre da mesma forma. Anunciava as piscinas, fechava os contratos com as vítimas, recebia o sinal e desaparecia sem prestar ou concluir o serviço, segundo informações do delegado Laércio de Carvalho, da 35ª DP (Sobradinho II).

Em depoimento, as vítimas disseram que, além de o homem sumir depois de receber a primeira quantia, descobriram que o endereço citado nos contratos não é o da empresa dele e, sim, da casa dos pais de Edvaldo.

O homem foi indiciado por estelionato. Ele já responde pelo mesmo crime em processo concluído pela PCDF no ano passado.

Últimas notícias