Grupo educacional de destaque no país compra colégio Sigma no DF

A venda, estimada em R$ 964 milhões, ainda precisa ser aprovada pelo Cade

atualizado 24/02/2021 8:28

fachada sigmaReprodução

O grupo Eleva Educação, que tem entre os acionistas o empresário bilionário Jorge Paulo Lemann, fechou  um acordo para comprar 51 escolas do grupo Cogna. A venda, estimada em R$ 964 milhões, inclui a rede de escolas Sigma (foto em destaque) no Distrito Federal.

A Cogna, por outro lado, vai comprar por R$ 580 milhões o sistema de ensino da Eleva. O acordo ainda precisa ser avaliado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Se aprovado, a Eleva passará a ser o maior grupo de educação privada no país: com 120 mil alunos, distribuídos em 175 unidades de ensino, localizadas em 16 unidades da Federação.

A rede de ensino anunciou o acordo em suas redes sociais.

Veja: 

Comunicado aos pais

O Sigma emitiu um comunicado aos pais e responsáveis nesta terça-feira (23/2) falando sobre a aquisição.  O colégio comunicou o acordo entre as empresas e se colocou à disposição dos pais.

“Todas as escolas do grupo Saber Educação (rede do grupo Cogna) serão incorporadas ao grupo Eleva Educação, levando consigo a experiência de décadas de história de excelência educacional e a construção coletiva de propósito, valores e força transformacional na atuação em rede (…)”, diz o texto.

Confira o comunicado na íntegra:

Comunicado Sigma Familias by Metropoles on Scribd

De acordo com Ana Elisa Dumont, presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe-DF), a movimentação dificilmente terá grande impacto no cenário da educação do DF.

“Pode haver alteração da proposta pedagógica e do material, mas isso fica a critério das empresas. O Sinepe, tampouco, tem participação na negociação”, ressalta.

A lista de escolas que o Eleva irá comprar inclui: Colégio pH, Centro Educacional Leonardo da Vinci, Colégio Lato Sensu, Sigma, Anglo 21, Anglo Alphaville, CEI (Natal), Colégio Integrado, Escola Santi, Colégio Visão, Colégios Embraer, Colégio Pitágoras, Centro Integrado de Ensino (CIE), Colégio Maxi, NeoDNA, Escola Chave do Saber, Motivo e Colégio do Salvador. No DF, a negociação envolve apenas o Sigma.

Últimas notícias