metropoles.com

Gritos de moradora geram debate em grupo de condomínio: “Agressão ou sexo selvagem”

Discussão ocorreu em grupo de WhatsApp de moradores de condomínio em Vicente Pires. Participante relatou que gritos têm sido frequentes

atualizado

reprodução

Em um grupo de WhatsApp com moradores de um condomínio em Vicente Pires, uma discussão esquentou os ânimos dos participantes, na noite dessa terça-feira (28/3).

Na ocasião, um integrante do grupo pediu a palavra para se manifestar sobre algo que ocorria próximo ao imóvel dele. “Os gritos [da vizinha] ecoam longe”, descreveu.

“Estamos passando por um episódio um tanto cômico quanto trágico. Tem um casal nesse prédio ao lado da minha casa, e a mulher grita muito. Inclusive, está acontecendo agora. Se alguém do prédio estiver no grupo, alerte o casal, pois pensamos em chamar a polícia, mas não tenho certeza se é agressão ou sexo selvagem”, escreveu um morador.

Pela descrição da mensagem, a situação se passa com frequência. “Estamos rindo, hoje, mas já passamos por constrangimentos com visitas em casa, pois os gritos ecoam longe. Síndico, tente falar com esse povo, por favor”, cobrou o autor da mensagem.

Após a ler o texto, outro morador reagiu: “Caramba. Se for sexo, parabéns ao casal”.

Nesta quarta-feira (29/3), após ler o conteúdo no grupo, o síndico respondeu que procurou o vizinho que reclamou, mas o morador não soube dizer de qual imóvel teriam partido os gritos. Apesar disso, o gestor afirmou que investigará a situação.

Confira: 

0






Quais assuntos você deseja receber?