GPS de celular faz polícia encontrar jovem suspeito de roubo no DF

Mecanismo de localização foi acionado pela vítima que teve o aparelho levado

juststock/istock.comjuststock/istock.com

atualizado 30/03/2019 14:55

O uso do sistema de localização de um telefone celular levou, na noite dessa sexta-feira (29/3), uma viatura do Grupo Tático Operacional (GTop), do 7º Batalhão de Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), à porta da casa de um adolescente suspeito de roubo, na Quadra 4 do Cruzeiro Velho.

O rapaz teria participado de um assalto a mão armada, por volta das 19h, a um homem na passarela do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). A vítima acionou o rastreador pouco depois de ter seu aparelho tomado e conseguiu chamar os militares em seguida. Em meia hora, a polícia chegou ao endereço informado pelo software.

Segundo a PMDF, logo que o adolescente avistou os homens do GTop jogou o celular dentro de outro lote, mas foi apreendido mesmo assim. Nenhuma arma foi encontrada com o menor e ele foi conduzido à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde passou por reconhecimento pela vítima e recebeu autuação por ato análogo ao roubo.

A polícia confirmou a existência de outras vítimas do rapaz e agora procura por um suposto comparsa, que teria agido encapuzado nesse e em outros assaltos. Ele pode ser o dono da arma utilizada nos crimes.

Últimas notícias