GDF prevê construção de 130 km em ciclovias até 2022

Valter Casimiro Silveira, secretário de Transporte e Mobilidade do DF, diz que investimento previsto é de R$ 40 milhões

Felipe Menezes/Metrópoles

atualizado 24/05/2019 16:59

O secretário de Transporte e Mobilidade do DF, Valter Casimiro Silveira, confirmou que o Governo do Distrito Federal pretende construir 18 novos trechos de ciclovias até 2022, o equivalente a 132 km. “Planejamos fazer a licitação no segundo semestre deste ano. A intenção é entregar tudo até o fim do governo”, disse, em entrevista exclusiva à Rádio Metrópoles FM nesta sexta-feira (24/05/2019). A previsão de investimento é de R$ 40 milhões.

Silveira ressaltou que a ideia é expandir as ciclovias para outras regiões administrativas. “Em um primeiro momento, Taguatinga será o local para que as faixas para ciclistas sejam construídas. Depois vamos instalar nas demais localidades”, afirmou. Ele ainda contou que o governo está em contato com os aplicativos que oferecem o aluguel de bicicletas para que a expansão do serviço de transporte alternativo alcance todas as regiões.

Patinetes elétricos
Além das bicicletas, hoje em dia é comum ver patinetes elétricos pelas ruas da cidade. Porém, ainda não uma regulamentação específica sobre o uso correto dos equipamentos. Valter Casimiro Silveira reconheceu ser necessário criar normas viáveis para empresas e usuários. Segundo ele, o governo trabalha na criação de um Projeto de Lei para definir as políticas de mobilidade urbana cicloviária.

“Hoje, colocam-se as bicicletas e os patinetes em qualquer lugar da cidade. É necessário criar regras tanto para os usuários, quanto para as empresas responsáveis. Monitorar e recolher os equipamentos que não estão em áreas delimitas é responsabilidade das companhias”.

O secretário também alegou que, se não ocorrer fiscalização, Brasília corre o risco de ter áreas públicas depreciadas como em outras cidades e países.

Daniel Ferreira/Metrópoles
Hoje em dia é comum ver patinetes elétricos pelas ruas da cidade

No início deste mês, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) divulgou uma lista de orientações para usuários de patinetes elétricos. O uso desses equipamentos apenas em ciclovias, ciclofaixas e calçadas está nas diretrizes formuladas em conjunto pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF e pela Polícia Militar (PM-DF).

Rodízios
Uma das grandes preocupações é quantidade de veículos no Distrito Federal. Segundo dados, a frota da região cresceu em 56.397 entre 2017 e 2018. Valter Casimiro Silveira ressaltou que as diversas ações que o governo está propondo para incentivar o uso de transporte coletivo e de mobilidade urbana são para que o rodízio de carros não tenha que ocorrer no futuro.

O rodízio é uma atitude extrema. Com os nossos projetos, pretendemos reduzir esse risco

Valter Casimiro Silveira, secretário de Transporte e Mobilidade do DF
Julia Bandeira/ Especial para o Metrópoles
Valter Casimiro afirmou que o governo está em busca de parceiros para incentivar o uso de transporte de mobilidade urbana

O secretário afirmou que o governo está procurando parcerias para fazer um modelo simples e barato na criação de estacionamentos para bikes e paraciclos (suporte físico onde a bicicleta é presa), no qual incentivará mais as pessoas em não utilizar carros.

Últimas notícias