Finados: veja como será o esquema de visitas aos cemitérios do DF

Objetivo é evitar aglomerações e o consequente aumento no risco de contágio pela Covid-19 nos cemitérios durante o Dia dos Finados

atualizado 28/10/2021 14:37

CemitérioIgo Estrela/Metrópoles

Com o objetivo de evitar aglomerações e o consequentemente o aumento no risco de contágio pela Covid-19, a empresa Campo da Esperança, responsável pela administração dos seis cemitérios do DF, recomenda que as homenagens do Dia de Finados, celebrado em 2 de novembro, sejam feitas de casa.

A empresa chama a atenção, também, para a possibilidade de chuvas na data, que podem contribuir para aglomerações nos poucos lugares cobertos dos cemitérios. Aqueles que decidirem visitar o cemitério durante o feriado deverão seguir os protocolos sanitários, como o uso de máscara, nas áreas abertas ou fechadas, e álcool gel.

Assim como no ano passado, não haverá sanitários químicos espalhados pelos campos. Os visitantes que desejarem utilizar os bebedouros deverão levar o próprio recipiente para água, uma vez que não serão fornecidos copos descartáveis.

Para facilitar a locomoção, vans estarão disponíveis para fazer o transporte gratuito de passageiros dentro de quatro dos seis cemitérios do DF – Asa Sul, Taguatinga, Gama e Sobradinho. Ao fim de cada viagem, os veículos serão higienizados.

Horário de funcionamento

Para quem optar para ir aos cemitérios mesmo com a recomendação contrária, os locais estarão funcionando das 7h às 18h30. Velórios e sepultamentos ocorrerão normalmente no feriado.

Acesso de veículos e pedestres

Em Planaltina e em Brazlândia nenhum automóvel será autorizado a entrar nos cemitérios, pois não há espaço suficiente para a circulação.

Nas outras unidades – Asa Sul, Taguatinga, Gama e Sobradinho – só poderão entrar na área interna os veículos com autorização de vaga especial para idoso ou pessoa com deficiência emitida pelo Departamento de Trânsito (Detran-DF).

O acesso de pedestres é livre pelos portões principais de cada cemitério. Haverá dois portões abertos no da Asa Sul: o principal, ao lado do templo da LBV, e o do Parque da Cidade, em frente ao Estacionamento 6. Nas outras cinco unidades, há apenas uma entrada. Todas estarão sinalizadas e serão fiscalizadas pelo Detran-DF.

Segurança

Além dos vigilantes que trabalham regularmente na segurança interna das unidades, os cemitérios também contarão com reforço da Secretaria da Segurança Pública, da Secretaria de Justiça, do DF Legal, das administrações regionais, das Polícias Militar e Civil, do Detran-DF, do DER-DF e do Corpo de Bombeiros.

Não será permitida a presença de vendedores ambulantes no interior dos cemitérios.

Missas

As tendas onde ocorrerão os rituais religiosos da Arquidiocese de Brasília terão capacidade limitada e aferição de temperatura na entrada. Em todos os cemitérios serão realizadas as celebrações.

Horários das missas:

Asa Sul, Gama, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga: às 8 horas, às 9h30, às 11 horas, às 12h30, às 14 horas, às 15h30 e às 17 horas.

Brazlândia: às 8 horas, às 11 horas, às 14 horas e às 17 horas.

Número de visitantes

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), responsável por coordenar a concessão dos cemitérios do DF estima que mais de 500 mil pessoas passarão pelas seis unidades no feriado de Dia de Finados.

Nos locais, também serão oferecidos atendimentos com psicólogos, orientações e serviços de ouvidoria.

Mais lidas
Últimas notícias