*
 

Pai, mãe e filha, mortos no acidente na BR-070 foram velados e enterrados neste domingo (11/3). Parentes e amigos de José Augusto de Moraes, 26 anos, Fernanda Sena de Medeiros, 25, e Maria Júlia, 4, lotaram a capela 5 do Cemitério de Taguatinga para dizer adeus à família. Em clima de tristeza e consternação, diversas pessoas se emocionaram no local. Os familiares não quiseram falar com a imprensa.

Os pais e a filha pertenciam a um grupo da Igreja Católica, conhecido como Encontro de Jovens com Cristo (Ejoc). “O amor de Guto, de Fernanda e de sua filha ficou marcado. Talvez isso (o acidente) tenha ocorrido para que valorizemos mais ainda quem está ao nosso lado”, discursou o padre da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

José Augusto e Fernanda Sena eram formados pela Universidade de Brasília (UnB). Ele concluiu o curso de farmácia e ela de enfermagem. Relatos nas redes sociais mostram o quanto os dois são queridos. “Estou ainda sem querer acreditar… momento assim nos faz lembrar que a vida é mesmo muito frágil. O coração aperta e as lágrimas não querem cessar”, comentou uma amiga do rapaz, por meio de mensagem na página de uma rede social.

“A família está arrasada. A mãe perdeu a filha, a neta e o genro. Ela cresceu no edifício Munich e sempre foi uma menina boa, estudiosa, nunca deu trabalho. Um acidente como esse é uma tragédia. Fiquei sabendo pelo Facebook e precisei ler umas quatro vezes para entender”, disse Rosângela Paz, 61 anos, vizinha de Fernanda.

Por volta das 17h20, o cortejo deixou a capela em direção ao local do sepultamento. A despedida do casal e da criança foi ao som da canção Amigos pela Fé, do grupo católico Anjos de Resgate. O caixão de José Augusto estava coberto por uma bandeira do Flamengo.

Suzano Almeida/Metrópoles

 

O acidente
O Peugeot 208 da família colidiu com uma caminhonete, na altura do km 57. Na Hilux, uma pessoa também morreu: Bruno Abreu. No mesmo veículo, estavam o vice-prefeito de Cocalzinho (GO), Alair Rabelo Neto (PSD), conhecido como Nenzão, e o filho dele Yago Azevedo. Eles foram levados em estado grave para um hospital em Anápolis (GO). Bruno era namorado da filha do político.

O Metrópoles entrou em contato com o hospital, que ainda não divulgou o boletim médico sobre o estado de saúde das vítimas.

Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Peugeot teria transitado na contramão. A Hilux, na tentativa de evitar a colisão, foi em direção ao acostamento, e o carro menor também desviou para o espaço da via, local onde os dois colidiram. Porém, somente após o resultado da perícia será possível saber com certeza as circunstâncias do acidente. A Polícia Civil de Goiás investiga o caso.

Bruno Abreu foi enterrado no cemitério de Cocalzinho no início da tarde de hoje.

 

 

COMENTE

BR-070cemitério de taguatingaFernanda Sena de MedeirosJosé Augusto de MoraesMaria Julia
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito