Turistas ignoram Covid-19 e kalungas denunciam turismo em Cavalcante (GO)

Secretária de Turismo diz que "as pessoas não estão obedecendo ao decreto municipal" e que as denúncias são encaminhadas à Polícia Militar

atualizado 08/09/2020 12:31

Kalungas denunciam invasão de turistas em território quilombola na ChapadaReprodução Vídeo

O quilombo kalunga, em Cavalcante, segue fechado para visitantes desde março, por causa da crise pandêmica do novo coronavírus. Contudo, essa condição não impede a tentativa de invasão por parte de visitantes, mesmo o decreto mais recente do município também proibir o turismo.

Neste domingo (6/9), por exemplo, dois turistas de Brasília tentaram forçar a entrada pela comunidade Engenho 2, que fica a 27 km da cidade. Os moradores precisaram chamar a polícia para retirá-los. Natália Moreira dos Santos é vice-presidente da Associação Quilombo Kalunga. Segundo ela, um dos homens era advogado e tentou dar uma “carteirada”.

“Cavalcante tem uma barreira, mas muitos alegam ter parentes na cidade e entram. Nós, da comunidade, também temos a nossa e não estamos deixando entrar visitantes, somente moradores de outras comunidades do quilombo. Essas duas pessoas tentaram forçar a entrada e precisamos chamar a polícia. Ficamos das 10h às 17h para resolver a situação e eles irem embora”, revela a quilombola.

Leia a reportagem completa no site Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias