Passagens de ônibus para o Entorno do DF já estão mais caras

O aumento foi de 5,2% e só não vale para linhas da Taguatur, regidas por contrato e que serão reajustadas posteriormente

atualizado 25/02/2019 8:02

Michael Melo/Metrópoles

Os passageiros do Entorno que se deslocam diariamente para Brasília já estão pagando mais caro pela passagem. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou reajuste da tarifa dos ônibus semiurbanos interestaduais – que cruzam as unidades da Federação. O percentual aplicado sobre os valores atuais foi de 5,2%, e entrou em vigor nesse domingo (24/2).

O número é maior do que a previsão do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulado de fevereiro, que deve fechar em 3,87%. A correção só não vai valer para algumas linhas da Taguatur regidas por contrato e que serão reajustadas posteriormente.

Confira como ficaram as tarifas:

ANTT/Divulgação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O aumento também foi aplicado para tarifas semiurbanas internacionais em serviços de transporte de passageiros operados por autorização especial.

Reajuste não vale para os seguintes trajetos:

Divulgação/ANTT

No ano passado, as tarifas de ônibus com rotas entre o Distrito Federal e as cidades do Entorno começaram a valer no dia 18 de fevereiro. O acréscimo variou de 5,4% a 7,1%.

Por causa do aumento, o valor da tarifa de Mansões Marajó (Cristalina) para Brasília, por exemplo, passou de R$ 7,30 para R$ 7,80. Essa linha, inclusive, teve o ajuste mais elevado: R$ 0,50, igual ao de Cocalzinho de Goiás (GO)-Brasilia – que passou de R$ 7,15 para R$ 7,65. Confira para quanto foi o reajuste no ano passado:

Reprodução

Últimas notícias