Idosa desaparecida após esquecer caminho de casa é encontrada morta

Corpo foi achado por artesão em matagal de Planaltina de Goiás

atualizado 16/08/2018 8:31

Arquivo pessoal

A idosa Josefina Maria de Oliveira, 78 anos, desaparecida desde 28 de julho, foi encontrada morta nesta quarta-feira (15/8), em um matagal próximo a uma lagoa de Planaltina de Goiás. Zefinha, como era chamada por parentes e amigos, tinha problemas de memória e já havia se perdido antes ao esquecer o endereço de casa.

De acordo com a filha da dona de casa, Gildene de Oliveira, 48, a mãe dela foi encontrada por um artesão que estava na região à procura de palha para fazer vassouras. “Ele sabia que a minha mãe estava desaparecida e avisou em uma escola próxima ao local que havia localizado um corpo. Entraram em contato com a gente e fomos fazer a identificação. Soubemos que era ela pelas roupas e pela aliança”, conta a mulher.

O lugar onde Josefina foi achada fica a 20km da casa da idosa. Para Gildene, a mãe percorreu toda essa distância a pé e, apesar de estar em um matagal, acredita que a causa da morte tenha sido natural. “No dia em que saiu de casa, meu irmão disse que ela estava bem, mas, para ter caminhado tanto e não ter conseguido voltar nem contatar alguém, pode ser que ela estivesse desorientada”, diz a filha.

Josefina é natural da Bahia e veio para o interior de Goiás quando tinha 35 anos, em busca de melhores condições de vida. Viúva, ela deixa sete filhos e 11 netos.

A família aguarda a liberação do corpo pelo Instituto Médico Legal (IML) para providenciar o sepultamento.

Últimas notícias