Flávia, Reguffe e Damares estão empatados na corrida eleitoral para o Senado, diz pesquisa Metrópoles/Ideia

Levantamento exclusivo aponta que não há, até o momento, um pré-candidato preferido do eleitorado do DF para o Senado

atualizado 23/06/2022 7:28

Jefferson Rudy/Agência Senado

A disputa pela única vaga de senador do Distrito Federal nas eleições deste ano permanece sem um pré-candidato preferido. É o que aponta a pesquisa exclusiva Metrópoles/Ideia, divulgada nessa quarta-feira (22/6). De acordo com o levantamento, os três primeiros colocados estão tecnicamente empatados.

A pesquisa mostra que a deputada federal Flávia Arruda (PL) tem 19% das intenções de voto. O senador José Antônio Reguffe (União Brasil) foi lembrado por 16,4% dos eleitores, seguido da ex-ministra Damares Alves (Republicanos), indicada por 14%.

Bem mais atrás, a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania) tem 3,8% das intenções de voto. A professora Rosilene Corrêa (PT) é apontada por 2,6% do eleitorado brasiliense para o Senado. O advogado Paulo Roque (Novo) soma 2,3%, Ana Prestes (PCdoB) tem 1%, e a servidora pública Elcimara (PSTU), 0,2%. O empresário Fernando Marques (PP) aparece com 0,1%.

Veja o resultado completo:

Esse é o resultado da pesquisa estimulada – em que os entrevistados escolheram entre os nomes apresentados em uma lista contendo aqueles que já manifestaram interesse em disputar o GDF em 2022.

Na primeira pesquisa Metrópoles/Ideia, divulgada no dia 18 de maio de 2022, a deputada federal Erika Kokay (PT) aparecia empatada com Flávia, Reguffe e Damares.

Neste novo levantamento estimulado, o nome de Erika foi retirado porque o PT anunciou Rosilene como a pré-candidata do partido ao Senado no DF. Erika disse que vai concorrer à reeleição de deputada federal.

Espontânea

A pesquisa Metrópoles/Ideia também aponta como fica o cenário eleitoral quando os entrevistados respondem espontaneamente em quem votariam para senador se as eleições fossem hoje. Nesse caso, Flávia Arruda tem 7% das intenções de voto, e Reguffe, 5%.

Damares foi lembrada por 2,8%, seguida por Paula Belmonte (2,1%) e Rosilene Corrêa (1,3%). Todos os outros nomes indicados pelos entrevistados pontuaram com menos de 1%.

Rejeição

Ao serem questionados sobre a rejeição, na pesquisa estimulada, os eleitores do DF disseram em quem não votariam. Flávia Arruda tem a maior rejeição (16,1%); seguida por Damares (15,4%), Elcimara (14%), Reguffe (8,1%), Rosilene Corrêa (7%), Ana Prestes (6,8%), Fernando Marques (6,6%), Paula Belmonte (6,5%) e Paulo Roque (5,1%).

 

Pesquisa

O Metrópoles divulgará uma série de pesquisas eleitorais encomendadas pelo portal ao Instituto Ideia. Os levantamentos para aferir a preferência do eleitorado brasiliense serão publicados até a véspera do segundo turno.

Vai votar? Confira as principais datas do calendário eleitoral de 2022

0

 

Foram entrevistadas 1.200 pessoas na faixa etária de 16 anos ou mais, com Título de Eleitor, em todas as regiões administrativas do Distrito Federal, entre os dias 16 e 21 de junho.

A pesquisa quantitativa foi realizada com aplicação de questionário estruturado, por meio de inquérito telefônico, com plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número DF-04171/2022 e BR-09578/2022.

Mais lidas
Últimas notícias