*
 

As famílias do DF estão entre as mais endividadas do Brasil. Segundo dados da pesquisa Radiografia do Crédito e do Endividamento das Famílias Brasileiras, quase quatro em cada cinco famílias da capital federal têm endividadas. O índice (78%) é o quarto maior entre as capitais do Brasil, atrás apenas de Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Boa Vista (RR) e está bem acima da média nacional, que ficou em 58%.

Segundo o levantamento, feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), as famílias do DF comprometem 35% da sua renda com dívidas, a quinta maior parcela no ranking nacional. O valor médio do débitos dos brasilienses ficou em R$ 1.415. Apesar da alta taxa, os números indicam redução na quantidade de famílias endividadas no Distrito Federal. Em 2013 e 2014, o índice foi de 82% e no ano passado, de 79%.

A capital federal tem ainda a maior porcentagem de parentes com débitos do Centro-Oeste. Cuiabá (MT) tem média de 66%, enquanto Campo Grande(MS) marcou 56% e Goiânia teve a menor taxa de famílias endividadas no País, com 34%. Os moradores da capital goiana, no entanto, têm as dívidas mais altas da região, com média de R$ 1.687.

Em relação à inadimplência, no entanto, Brasília aparece com uma das menores taxas em todo o Brasil: apenas 14% das famílias do DF têm dívidas em atraso. O número é bem inferior ao registrados nas outras capitais do Centro-Oeste, mas ainda registra aumento em relação a 2013, quando apenas 9% das famílias estavam inadimplentes.

Para a realização da pesquisa, foram utilizados dados entre 2013 e o primeiro semestre deste ano, disponibilizados pelo Banco Central, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Confederação Nacional do Comércio (CNC). No DF, foram identificadas 910.859 famílias.

 

 

COMENTE

Brasíliapesquisarankingtaxa de endividamentoFecomércia
comunicar erro à redação

Leia mais: Economia