Empresas de turismo do DF poderão usar 3 linhas de crédito do BRB

Banco tenta reduzir os impactos negativos da crise econômica gerada pelo novo coronavírus

atualizado 25/03/2020 17:20

O Banco de Brasília (BRB) ampliou, nesta terça-feira (24/03), o acesso das empresas de turismo à sua linha de crédito de R$ 1 bilhão.

De acordo com a secretária de Turismo Vanessa Mendonça, a medida vem para reduzir os impactos negativos da crise econômica gerada pelo novo coronavírus.

“Esse momento é crucial para garantirmos o futuro do turismo, para que ele volte a gerar emprego e renda para a nossa população após esse período tão difícil que estamos enfrentando, mas vamos superar com a união de todos”, destacou a chefe da pasta.

A linha de crédito é uma das iniciativas do Supera-DF – programa criado pela instituição bancária para minimizar os prejuízos no período. Agora, o setor de turismo poderá ter acesso a três linhas diferentes: Acreditar, Capital de Giro e BRB Investimento.

A Acreditar atende com financiamento de até R$ 15 mil e é destinada às pessoas físicas e jurídicas cujo faturamento anual não ultrapasse R$ 200 mil. A taxa de juros cobrada é de, pelo menos, 1,85% ao mês.

O BRB Investimento oferece prazo de 60 meses para que a dívida seja quitada. Há também período de carência de 12 meses. Não há restrição quanto ao tipo de empresa que pode aderir a esta linha de crédito.

O Progiro, por sua vez, oferece as menores taxas de juros: a partir de 0,80% mensais. O prazo é de 36 meses para pagamento e seis meses de carência.

Como acessar

Para ter acesso às linhas do Supera-DF é preciso contatar o BRB pelo (61) 3322-1515. As agências estão fechadas, mas há equipes no local para fazer atendimento para as empresas.

Últimas notícias