Durante a Semana Santa, PRF prendeu seis pessoas em rodovias do DF

No feriado, duas pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito em rodovias que cortam o território brasiliense

atualizado 05/04/2021 17:13

PRFDivulgação/PRF

Entre os dias 1º e 4 de abril, feriado da Semana Santa, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 895 infrações em rodovias que cortam o Distrito Federal. Segundo a corporação, a fiscalização foi reforçada nos pontos onde mais acontecem acidentes.

Infrações por ultrapassagem em faixa contínua foram responsáveis por 101 do total de autuações. As colisões frontais, decorrentes de ultrapassagens mal realizadas, são as causas de cerca de 30% das mortes em acidentes de trânsito.

Também foi verificada com frequência falta do cinto de segurança: 64 motoristas foram autuados por desrespeito à norma.

Bebida e direção

A embriaguez ao volante continua sendo uma das principais causas de acidentes. No total, 26 motoristas foram multados por dirigirem bêbados ou por se recusarem a fazer o teste do etilômetro. Seis deles acabaram presos.

Na tarde de quinta-feira (1º/4), um condutor embriagado perdeu o controle do carro que conduzia e o veículo capotou na BR-070. Os policiais chegaram para atender o acidente e perceberam que o condutor apresentava sinais de alteração da sua capacidade psicomotora. O teste dele acusou mais que o dobro de álcool do índice que configura crime de trânsito. Ele também não possui habilitação. O homem foi preso e encaminhado à 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia).

Na tarde de sexta-feira (2/4), dois condutores se envolveram em um acidente sem vítimas na BR-070. Eles discutiram no local e decidiram ir até a Unidade Operacional da PRF mais próxima, em Ceilândia, para que os agentes pudessem resolver o conflito.

Para a surpresa dos policiais, os dois apresentavam sinais de que tinham ingerido bebida alcoólica. Um deles se recusou a fazer o teste e o outro apresentou o índice de 0,61mg de álcool por litro de ar alveolar, o dobro do índice que configura crime de trânsito.

Ambos foram presos e encaminhados à 15ª DP. Como o homem que se recusou a fazer o teste do bafômetro apresentava sinais de alteração da capacidade psicomotora, ele está sujeito às mesmas penalidades impostas ao condutor que se submeteu ao exame.

No total, foram registrados 27 acidentes no período da operação, com 34 feridos e dois mortos. Segundo a PRF, não houve comparação com o mesmo período do ano passado, pois, por se tratar do início da pandemia do Covid-19, em 2020 não houve operação Semana Santa e não havia movimentação relevante nas rodovias federais.

Acidentes com óbitos

Na sexta, houve um atropelamento de pedestre na BR-040, próximo à entrada da Cidade Ocidental (GO), às 13h50. Uma mulher de 72 anos tentou atravessar a via e foi atropelada por uma caminhonete que seguia fluxo pela faixa da esquerda. Uma equipe do Samu tentou reanimar a vítima por 55 minutos, ainda na rodovia, mas ela não resistiu e morreu no local.

No domingo (4/4), houve uma chuva forte no período da tarde na BR-040, próximo ao Posto de Combustível Corujão. Um veículo acabou perdendo o controle, provavelmente por aquaplanagem, invadiu a faixa no sentido contrário e colidiu frontalmente com um caminhão.

Passageira do carro, uma mulher de 51 anos morreu no local. Ambos os veículos envolvidos no acidente estavam com os pneus com a marcação indicando falta de condições de segurança. Um pouco antes, no mesmo local, um outro veículo também aquaplanou e capotou, mas os três ocupantes ficaram ilesos.

Últimas notícias