DF: prédio de Conselho Tutelar é interditado por problemas estruturais

Relatos de funcionários da unidade de Ceilândia são de que pilares do imóvel estão muito antigos. Defesa Civil inspeciona o local

Reprodução/FacebookReprodução/Facebook

atualizado 04/02/2019 19:36

O prédio do Conselho Tutelar de Ceilândia Sul está interditado desde a última sexta-feira (1º/2) devido a problemas estruturais. O bloqueio do local, que fica no Conjunto P da QNM 3, ocorreu após ação da Defesa Civil do Distrito Federal. O imóvel deve ficar de portas fechadas por tempo indeterminado.

No último sábado (2), os servidores da instituição utilizaram o Facebook para denunciar as condições do prédio. O relato de um dos funcionários é de que a estrutura que comporta o Conselho Tutelar é muito antiga. “Não tem como ficar aqui. Os pilares estão danificados porque estão muito velhos”, afirma Alisson Oliveira.

Segundo nota divulgada pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF), o setor de Engenharia da Defesa Civil está realizando uma inspeção na área para identificar os problemas. A Sejus também ressalta que analisa junto ao administrador de Ceilândia a possibilidade de ceder um espaço da administração para realizar os serviços do Conselho Tutelar.

Amanda Vargas, funcionária do Conselho Tutelar de Ceilândia Sul, conta que o colegiado da instituição também debate outros possíveis locais provisórios. Enquanto isso, o órgão continua atendendo em esquema de plantão. “Se a pessoa ligar aqui com uma situação de emergência, a gente pode atender”, explica a conselheira. O contato da equipe de plantão do Conselho Tutelar de Ceilândia Sul é (61) 99242-8678.

Últimas notícias