DF: mulher come, bebe, dá o cano em churrascaria e ainda ataca PMs

Chamados para conter acusada no Setor Hoteleiro Sul, os policiais foram xingados de "filhos da puta". A suspeita foi parar na delegacia

istockistock

atualizado 14/09/2018 11:19

Uma mulher de 36 anos foi levada à delegacia, na madrugada desta sexta-feira (14/9), após consumir R$ 647,75 em bebida e comida em churrascaria do Setor Hoteleiro Sul (SHS) e se recusar a pagar a conta. Quando os policiais chegaram ao endereço, encontraram a suspeita bastante exaltada e ameaçando quebrar objetos que estavam sobre a mesa.

Ao se aproximarem, os policiais foram xingados de “filhos da puta” e agredidos com chutes. Um sargento acabou atingido na perna, segundo informações repassadas pela corporação.

A mulher foi contida e levada para a delegacia. Mesmo assim, os xingamentos e as tentativas de agressão aos policiais não cessaram. Na DP, assinou um termo de compromisso de comparecimento na Justiça e foi liberada.

No dia 12 de agosto, a mesma mulher havia sido presa pela Polícia Militar em um bar da 206 Sul por se recusar a pagar a conta.

Últimas notícias