DF: moradores protestam contra corte de árvore na 410 Norte

Equipe da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) esteve na quadra na manhã deste sábado (28/12/2019) para o serviço

atualizado 28/12/2019 12:48

Material cedido ao Metrópoles

Moradores das quadras 409 e 410 da Asa Norte foram pegos de surpresa na manhã deste sábado (28/12/2019) com o corte drástico de uma árvore no local. Segundo alguns residentes, o serviço realizado pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) chama a atenção pela grossura da árvore, que era antiga e parecia saudável.

A engenheira florestal Julia Sonsin Oliveira, 39 anos, considerou a intervenção agressiva. “Eles começaram a cortar uma paineira que já havia sido podada ontem [sexta-feira]. Quando indagamos o técnico da Novacap, ele disse que tinha autorização para cortar duas árvores e mostrou o laudo”, pontuou a moradora.

“Após eles cortarem a primeira árvore, tirei uma foto para constatar que o meio não estava podre, mesmo eles afirmando que estava. Foram mostrados dois laudos. Um deles é de quatro anos atrás, de 2015, e está escrito ‘supressão’ à caneta e à mão. Quem garante que eles não escreveram aquilo na hora?”, questionou a engenheira.

Veja as imagens:
0

Ainda segundo Julia, como profissional da área, ela garante que a árvore não estava condenada. A moradora ainda questiona o laudo apresentado pelo órgão. “Se estivesse, nós concordaríamos com o serviço. Mas a medula não estava podre. A árvore estava inteira. Era só podar”, frisou.

“Somos contra o corte. Eles alegaram que a árvore estava com brocas. Então, deveriam tratar a praga, que foi o que nós sugerimos. Mas eles disseram que o veneno de tratamento era muito caro e, por isso, estão cortando”, acrescentou.

A reportagem entrou em contato com a Novacap para comentar o assunto, mas até a publicação deste texto não havia recebido retorno da demanda.

Últimas notícias