DF: mais da metade da frota ainda não tem licenciamento

A cerca de um mês do início da fiscalização, 42,8% dos 1.804.572 veículos estão com o documento em dia

Daniel Ferreira/MetrópolesDaniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 26/07/2019 16:43

De acordo com dados do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), até essa quarta-feira (23/07/2019), 772.376 veículos foram licenciados no DF, o correspondente a 42,8% da frota de 1.804.572 veículos. Ou seja, a cerca de um mês para o início da fiscalização do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) 2019,  mais da metade dos condutores circula irregularmente.

Para obter o licenciamento de 2019, o proprietário deverá pagar o Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), o seguro obrigatório, a taxa de licenciamento e as multas pendentes. Contudo, para quitar os débitos, o motorista não precisa mais ir ao Detran. A emissão dos boletos e os pagamentos ou parcelamento dos débitos com cartão podem ser realizados diretamente no site do órgão. É importante lembrar que o boleto do DPVAT não é enviado à residência do proprietário, sendo necessária a impressão por meio do site da Seguradora Líder.

Aqueles que ainda não receberam o documento podem verificar se há débitos pendentes por meio do site do Detran ou pelo telefone 154. O proprietário que já quitou todas as pendências mas ainda não recebeu o CRLV pode emitir o Protocolo de Autorização Provisória para a circulação de veículo também por meio do portal do órgão.

O documento provisório tem validade de 60 dias e cada usuário poderá retirar a autorização uma única vez. Também é importante verificar se o endereço residencial está atualizado.

Documento digital

O CRLV é o documento de porte obrigatório, expedido pelos detrans estaduais, que concede o direito de tráfego e legaliza sua circulação. Para obter o documento eletrônico, é preciso fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível gratuitamente na Google Play e App Store. O passo a passo está disponível aqui.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, transitar com o veículo não licenciado é considerado infração gravíssima e resulta em sete pontos na CNH, recolhimento do veículo e multa de R$ 293,47.

Últimas notícias