DF: ladrões roubam carro e durante a fuga atropelam pai e dois filhos

A dupla de criminosos foi presa por integrantes do Batalhão Escolar da Polícia Militar. Família atingida foi levada para hospital particular

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 05/08/2019 18:25

Dois bandidos foram presos pela Polícia Militar, nesta segunda-feira (05/08/2019), após roubarem um carro e atropelarem pai e dois filhos durante a fuga. O caso ocorreu em Taguatinga.

Segundo a PMDF, a dupla roubou o carro na QNA 54, quando a proprietária desembarcava. Os assaltantes fugiram em alta velocidade. A atitude deles chamou atenção da equipe do batalhão escolar que estava no Centro de Ensino Fundamental 14. Durante a perseguição, os ladrões subiram na calçada e atropelaram um homem e duas crianças – um menino de seis anos e uma menina de quatro.

Eles ainda colidiram o veículo roubado em mais dois carros. Ao pararem, ambos fugiram. O mais velho, de 48 anos, foi pego por integrantes do batalhão escolar. O comparsa, de 27 anos, foi detido por um policial militar de Goiás que estava nas proximidades.

Com base em informações levantadas pela corporação do DF, Carlos Alberto Vidal, 48 anos, e Anailson Rocha de Araújo, 27, possuem longa ficha criminal. Eles foram levados à 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro), para registro da ocorrência.

Segundo a Polícia Civil do DF, Carlos Alberto conduzia o carro e estava alcoolizado. Teste do bafômetro registrou teor alcoólico de 0,63 mg/l, bem acima do considerado crime pela Lei Seca – 0,33 mg/l.

A família atropelada foi levada para o Hospital Anchieta. O pai das crianças se apresentou como médico e dispensou a ajuda dos bombeiros. Não foi constatada fratura ou lesão grave nas vítimas.

De acordo com o delegado Daniel Azevedo Monteiro, da 12ª DP, Carlos Alberto Vidal pode pegar até 15 anos de prisão por roubo, lesão culposa e embriaguez ao volante. O investigador informou que o homem tem passagens pela polícia registradas desde 1989: cinco roubos, furto, porte de arma de fogo de uso permitido e restrito e uma ocorrência de resistência e desobediência.

Anailson tem duas passagens por roubo. Ele pode pegar até 10 anos de reclusão.

Últimas notícias