DF: homem que queimou, apedrejou e matou morador de rua é preso

O autor do homicídio duplamente qualificado tem 27 anos e também vivia na rua. Aos agentes, ele confessou ter assassinado José de Cerqueira

PMDF e CBMDF em local de homicídioCBMDF/Divulgação

atualizado 27/03/2020 18:22

Investigadores da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) prenderam, na manhã desta sexta-feira (27/03), o suspeito de queimar, apedrejar e matar um morador de rua nessa quinta-feira (26/03).

O autor do homicídio duplamente qualificado tem 27 anos e também vivia na rua. Aos agentes, ele confessou ter matado José de Cerqueira, 60 anos. O motivo da violência teria sido uma discussão entre os dois, que evoluiu para vias de fato.

O criminoso estava em liberdade provisória há oito meses. Se for condenado, pode ficar entre 12 e 30 anos na prisão.

Outra vítima

Esta semana, a PCDF prendeu um motorista de aplicativo acusado de matar um morador de rua, no dia 20 de fevereiro, em Ceilândia. A motivação teria sido vingança, pelo fato de a vítima ter assaltado o suspeito.

Também no começo desta semana, o DF registrou um outro homicídio. Um homem foi executado a tiros em plena luz do dia na avenida principal do Paranoá. Câmeras de segurança instaladas perto do local do crime filmaram o momento em que a vítima tenta, em vão, escapar dos assassinos.

Em determinado instante, uma pessoa, ainda não identificada, escorrega próximo a um degrau e cai. Três homens se aproximam correndo e abrem fogo. Em seguida, fogem a pé.

Últimas notícias