DF: filho ameaça mãe com faca, é contido por vizinho e acaba preso

Pelo menos cinco homens foram detidos em um intervalo de 12 horas no Distrito Federal e enquadrados na Lei Maria da Penha

atualizado 08/08/2018 14:14

ISTOCK

No dia em que a Lei Maria da Penha completou 12 anos desde sua sanção e após três feminicídios seguidos na capital do país, a Polícia Militar prendeu pelo menos cinco homens acusados de violência doméstica no Distrito Federal. Em um dos casos, um rapaz de 21 anos ameaçou a mãe, de 42, com uma faca.

O flagrante foi feito por volta das 15h30 dessa terça-feira (7/8) no Recanto das Emas. Um vizinho tentou conter a fúria do filho agressor. O rapaz reagiu e, durante a briga, acabou ferido. Depois, a PM prendeu o acusado e o levou para a 27ª Delegacia de Polícia, onde foi autuado por injúria, ameaça, violência doméstica e lesão corporal.

Em Sobradinho II, por volta de 20h30, a PM encaminhou um homem de 36 anos para a 13ª DP, após ele descumprir medida protetiva contra a ex-esposa, de 34. De acordo com testemunhas, o acusado passou na frente da casa da vítima e derrubou a moto do atual companheiro dela. Depois disso, a ameaçou por telefone.

Em Santa Maria, aproximadamente 21h, um marido foi autuado na 20ª DP depois de espancar a esposa. Por volta das 22h30, no Gama, outro homem também acabou preso em flagrante após intimidar sua ex-mulher. De acordo com ela, o acusado vai até a casa de sua ex-sogra diariamente fazer as ameaças de morte.

Já na madrugada desta quarta-feira (8), um rapaz de 24 anos foi preso, também no Recanto das Emas, após se aproximar da tia de 46. Os desentendimentos dos dois têm relação com partilha de herança.

Últimas notícias