DF confirma terceiro caso de coronavírus no sistema prisional

Os três infectados são servidores e estão lotados no Centro de Internamento e Reeducação (CIR), na Papuda

Igo Estrela/Metrópoles

atualizado 07/04/2020 11:54

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) registrou o terceiro caso de infecção pelo novo coronavírus dentro do sistema penitenciário da capital do país. Todos são policiais penais e estão em isolamento domiciliar para tratamento.

A Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) informou que os testes positivos foram recebidos na quinta-feira (02/04), na sexta (03/04) e nesta segunda-feira (06/04). Os três servidores estão lotados no Centro de Internamento e Reeducação (CIR).

De acordo com a Sesipe, a orientação da Secretaria de Saúde (SES) é testar somente quem apresentar sintomas da Covid-19. “Quando algum servidor do sistema prisional está sintomático, a Gerência de Saúde Prisional o encaminha, imediatamente, para a rede pública de saúde para realizar o teste. Na sequência, o servidor é direcionado para o isolamento em casa até o resultado do teste”, justificou, por meio de nota.

Ainda segundo a subsecretaria, medidas necessárias estão sendo adotadas para resguardar os agentes e exercer o dever do Estado de garantir o bem-estar dos sentenciados.

Visitas suspensas

Na última sexta-feira (03/04), foi anunciada a suspensão de visitas às unidades prisionais até o próximo dia 10 de abril, quando será novamente avaliada. A medida, iniciada em 12 de março, está alinhada às ações do Governo do Distrito Federal (GDF) voltadas para a prevenção do contágio pelo novo coronavírus. Ao todo, os presídios do DF têm mais de 17 mil presos.

Últimas notícias