DF antecipa D2 da AstraZeneca para quem completaria ciclo até 27 de outubro

Já nesta terça-feira (5/10), público pode procurar os pontos de vacinação onde têm o imunizante

atualizado 05/10/2021 11:08

AstraZenecaVinicius Schmidt/Metrópoles

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou, nesta terça-feira (5/10), a antecipação da segunda dose da vacina AstraZeneca para quem tem marcado no cartão de imunização a D2 até o dia 27 de outubro. Já nesta terça, o público pode procurar pelos pontos de vacinação que oferecem o imunizante. Para ser vacinado, basta levar o cartão de vacina e um documento de identidade com foto. Confira aqui os pontos de vacinação para cada público nesta terça-feira.

A antecipação foi possível devido à chegada de 39.425 doses da AstraZeneca no último fim de semana. O secretário de Saúde, general Manoel Pafiadache, convida a população para completar a imunização contra a Covid-19.

Veja como funcionam as vacinas no nosso organismo:
0

“Se você tem marcado em seu cartão de vacina a segunda dose da AstraZeneca até 27 de outubro procure hoje mesmo a UBS mais perto e não deixe de se vacinar. É muito importante estar com a vacinação em dia”, destaca.

Hoje, a cobertura vacinal no Distrito Federal está em 85,86% considerando a população vacinável, que tem 12 anos ou mais.

A Secretaria de Saúde tem postos específicos para a primeira dose (D1) de jovens a partir de 12 anos. Também há vacina disponível para a população que está na fila da segunda dose (D2), além da dose de reforço para idosos acima de 70 anos.

Para receber a dose de reforço, basta ter completado o ciclo vacinal com a D2 há, pelo menos, seis meses, levar um documento de identidade e o cartão de vacina. Para quem vai receber a segunda dose, o DF está adiantando a aplicação para aqueles que tomaram a Pfizer e a AstraZeneca na primeira aplicação e estão agendados para receber a segunda até o dia 27 de outubro.

Até domingo (3/10), 49,32% da população vacinável, ou seja, com mais de 12 anos, completou o ciclo de imunização.

Já a partir desta quarta-feira (6/10), o Governo do Distrito Federal (GDF) começará a aplicação da dose de reforço nos profissionais de saúde da rede pública e da rede privada da capital. Os funcionários poderão buscar a vacinação nas unidades básicas, de pronto atendimento e nos hospitais, conforme a unidade de lotação e região de atuação.

Os locais exatos ainda serão divulgados no site da Secretaria de Saúde. De acordo com o governador Ibaneis Rocha (MDB), os profissionais receberão doses da Pfizer. No último fim de semana, chegaram a Brasília 64.350 doses da marca, das quais 53.820 vão para médicos, enfermeiros, técnicos e outros trabalhadores da área. O restante, 10.530, está destinado para a D3 de idosos.

 

Últimas notícias