DF: alunos de escola pública criam plástico da casca de laranja

Estudantes pedem ajuda para apresentar a invenção em evento que ocorre na Malásia, no segundo semestre deste ano

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 24/01/2020 18:41

Estudantes do Centro de Ensino Médio 02 do Gama criaram um plástico a partir da casca de laranja. O projeto foi credenciado para participar da próxima edição da World Invention Competition and Exhibition (WICE), na Malásia, no Sudeste Asiático. O evento deve ocorrer no segundo semestre deste ano.

Bárbara Wingler, Kazue Nishi, Lucas Silva e o professor Alex Aragão, porém, precisam de dinheiro para arcar com os custos da viagem, que são altos, e criaram uma vakinha on-line para quem quiser ajudar.

Confira os custos da viagem:

• Taxa de participação incluindo hospedagem e alimentação: 500 dólares por pessoa (cerca de R$ 8,5 mil);

• Passagens aéreas: cerca de R$ 4 mil por pessoa (cerca de R$ 16 mil);

• Seguro viagem: R$ 10 por dia por pessoa (cerca de R$ 280).

O valor total dos custos gira em torno de R$ 24.780. “Sem sua ajuda para arcar com esses custos, não poderemos representar a nossa escola, a ciência brasiliense e ciência brasileira na WICE, apelam os envolvidos no projeto”, destacam os envolvidos no projeto.

Até a manhã desta sexta-feira (24/01/2020), os estudantes haviam arrecadado R$ 7,8 mil. Clique aqui e saiba como ajudar.

Os alunos demoram 10 dias para transformar a casca de laranja em plástico biodegradável. Eles a colocam de molho na água, depois o material vai para uma estufa improvisada. Só então é triturado até virar pó. A mistura de reagentes o transforma em uma película.

Últimas notícias