metropoles.com

DF: 29 presos não retornaram do saidão de Páscoa e 8 cometeram crimes

Balanço da Seape-DF aponta que dos 1.813 presos que foram beneficiados pelo saidão de Páscoa, 29 não voltaram às prisões

atualizado

Compartilhar notícia

Getty images
Imagem colorida ilustrativa de mãos segurando grade de prisão professora - Metrópoles
1 de 1 Imagem colorida ilustrativa de mãos segurando grade de prisão professora - Metrópoles - Foto: Getty images

Dos 1.813 presos que foram beneficiados pela segunda saída temporária de 2024, o saidão de Páscoa, 29 não retornaram às prisões. Os dados são da Secretaria de Administração Penitenciária do Distrito Federal (Seape/DF).

O levantamento foi realizado nesta terça-feira (2/4).  O benefício começou às 7h da última quarta-feira (28/3) e foi finalizado às 10h dessa segunda (1º/4).

O número de presos que não retornou às unidades prisionais representa 1,59 % do quantitativo liberado.

Ainda de acordo com a Seape, 8 dos beneficiados pela saída temporária se envolveram em ocorrências policiais.

A saída temporária é prevista pela Portaria nº 01/2024 da Vara de Execuções Penais (VEP/DF) e contempla custodiados que cumprem pena no regime semiaberto e que têm autorização de trabalho externo ou saídas temporárias.

Aquele que não retornar no dia e no horário previstos será considerado foragido e poderá perder o direito ao regime semiaberto.

Qualquer pessoa pode fornecer informações anonimamente sobre custodiados pelo telefone (61) 9 9666-6000 da Polícia Penal do DF.

Compartilhar notícia