Defesa Civil inspeciona área onde família ficou isolada por chuva

O órgão afirmou que as casas no Varjão não precisam ser interditadas. Também disse que vai prestar assistência às famílias

Bombeiros em área alagadaCBMDF/Divulgação

atualizado 27/03/2020 10:26

Fortes chuvas provocaram estragos em residências e deixaram moradores do Varjão ilhados nessa quinta-feira (26/03). Integrantes do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) foram acionados e, quando chegaram ao local, encontraram o terreno de uma chácara tomado pela água que transbordou do córrego, próximo à casa (veja vídeo abaixo).

A Defesa Civil, no entanto, afirmou que as estruturas das casas não oferecem risco aos moradores. O local não foi interditado.

Os bombeiros fixaram corda de segurança entre uma coluna da casa e uma árvore que ficava em um ponto sem correnteza. Os militares resgataram três crianças, cinco adultos e dois cães.

Os moradores foram avaliados. Eles não sofreram ferimentos e, portanto, não precisaram de atendimento médico. Foram necessários cinco militares para a operação.

0

 

Defesa Civil

Por meio de nota, a  Subsecretaria do Sistema da Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), informou que a região administrativa possui cinco bacias de contenção de águas pluviais que captam a água que vem de morro e, mais acima, do Residencial Taquari.

Devido ao volume de água, as cinco bacias de contenção transbordaram e afetaram seis residências na localidade.

No início da noite dessa quinta-feira (26/03), equipe técnica da subsecretaria esteve no local e fez avaliação da estrutura das casas atingidas. Após análise, não houve necessidade de interdição nem de retirada das famílias.

Ao todo, 19 adultos e seis crianças estavam nas moradias. A Defesa Civil acrescentou que todas as famílias foram assistidas com cestas básicas e colchões.

Outro resgate

Mais cedo, os bombeiros atuaram em outro resgate, de um operário que foi completamente soterrado em Sobradinho.

Segundo os militares, o homem, 38 anos, foi resgatado consciente após três horas e meia de trabalho da corporação. Ele cavava uma fossa quando a terra cedeu e o encobriu.

A vítima estava consciente, orientada e estável. Aparentemente sem fraturas e sem ferimentos graves, foi transportada pelo CBMDF para o Hospital Regional de Sobradinho.

Últimas notícias