Decreto veta pistas de dança em eventos pagos ou gratuitos no DF

Eventos, shows e festivais na capital do país estão proibidos desde o dia 12 de janeiro. A taxa de transmissão no DF chegou a 2,31

atualizado 19/01/2022 6:47

Getty Images

O Governo do Distrito Federal (GDF) publicou no Diário Oficial (DODF), desta quarta-feira (19/1), decreto que proíbe espaços para dança e aglomerações de pessoas, em eventos pagos ou gratuitos.

A proibição é uma medida para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da Covid-19. O texto é assinado pelo governador em exercício, Paco Britto (Avante).

Decreto proíbe pistas de dança no DF
Decreto proíbe pistas de dança no DF

Na segunda-feira, o governador Ibaneis Rocha já havia antecipado à coluna Grande Angular, sobre a ampliação de restrições.

A taxa de transmissão da Covid-19 no Distrito Federal subiu ainda mais nessa terça-feira (18/1), chegando a 2,31, o mais alto índice do ano.

Significa dizer que 100 pessoas contaminadas transmitem o vírus para outras 231.

Saiba mais sobre as variantes da Covid-19:

0
Suspensão

No último dia 12, o GDF proibiu eventos, shows e festivais na capital. Conforme o novo decreto, está suspensa “a realização de eventos, shows, festivais e afins, com a venda de ingressos ou cobrança de qualquer valor a título de contribuição dos convidados, ainda que o valor seja revertido em consumação”.

O funcionamento de bares e restaurantes, no entanto, ainda está liberado sem maiores restrições. Outros segmentos, como academias, igrejas e shoppings, também não foram afetados.

Veja o que se sabe até o momento sobre a Ômicron:

0

Mais lidas
Últimas notícias