metropoles.com

CRAS suspende atendimento após servidora ser atacada por paciente

Teleatendimento segue normal no CRAS, quem estava agendado será atendido pelo telefone 156, opção 1

atualizado

Compartilhar notícia

Daniel Ferreira/Metrópoles
cras df
1 de 1 cras df - Foto: Daniel Ferreira/Metrópoles

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) suspendeu o atendimento presencial na unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS-DF) da Estrutural, nesta sexta-feira (23/7). A paralisação se dá após uma servidora ser agredida por um paciente, na quarta-feira (21/7).

Segundo a Sedes, a servidora passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) depois da agressão e está com escoriações pelo corpo, além do estado psicológico abalado. “Os servidores estão na linha de frente envidando todos os esforços para atender a população mais vulnerável do Distrito Federal e assegurar seus direitos. É inaceitável que no exercício das suas funções um servidor público tenha sua integridade física e psicológica violada”, escreveu a Secretaria em nota.

0

De acordo com a Secretaria, em reunião realizada nesta manhã, ficou acordado a criação de um Plano de Segurança para os equipamentos públicos da assistência social com a legítima participação dos servidores. “A Sedes repudia, com veemência, atos de violência contra qualquer de seus servidores ou assistidos”, escreveu.

A pasta ressalta que o teleatendimento segue nesta sexta e quem estava agendado será atendido pelo telefone 156, opção 1.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações