Covid compromete 50% dos pulmões de Robson Cândido, chefe da PCDF

O policial deu entrada no Hospital DF Star, pois está com dificuldade para se alimentar. Tomou soro e foi liberado por volta das 14h30

atualizado 16/02/2021 15:03

Robson Cândido, diretor-geral da PCDFAndré Borges/Metrópoles

O delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Robson Cândido, recorreu ao hospital, na tarde desta terça-feira (16/2), devido a complicações de saúde ocasionadas pelo novo coronavírus. O policial deu entrada no DF Star, na Asa Sul, pois está com dificuldades para se alimentar. Tomou soro e foi liberado por volta das 14h30.

Cândido recebeu o diagnóstico da Covid-19 na última sexta-feira (12/2).

Os principais sintomas do policial foram: febre, falta de ar e dores pelo corpo. Nesta terça-feira, ele decidiu ir ao hospital tomar soro e passar por uma avaliação médica. Os profissionais entenderam que os cuidados tomados pela família em casa são efetivos e que ele precisava seguir em isolamento.

O delegado-geral explicou ao Metrópoles que sentiu muita fraqueza e resolveu ir ao médico. “Estou com 50% dos pulmões comprometidos, mas sigo estável e recebendo todos os cuidados em casa. Os primeiros sintomas apareceram na última semana. É uma doença muito agressiva, mas estou com boa perspectiva de recuperação”, disse à reportagem.

Últimas notícias