Covid-19: DF tem o maior índice do Brasil de mortes por 100 mil habitantes

A capital do país ultrapassou o Rio de Janeiro no ranking. Também ocupa a 2ª colocação entre unidades com mais casos na parcela da população

atualizado 23/09/2020 11:51

Ambulância em frente de emergênciaIgo Estrela/ Metrópoles

O Distrito Federal é a unidade da Federação com a maior incidência de mortes por Covid-19 por grupo de 100 mil habitantes. Segundo dados do Painel Coronavírus, divulgado pelo Ministério da Saúde na noite dessa terça-feira (22/9), com o índice de 103,8, a capital superou o Rio de Janeiro, que tem taxa de 103,1. Roraima está na terceira posição, com índice de 101,7.

Além disso, o DF aparece com a segunda maior incidência de casos em 100 mil habitantes. São 6.147, contra 8.013,4 de Roraima, primeira colocada no ranking. Amapá (5.573), Tocantins (4.086) e Rondônia (3.588,8) aparecem em seguida.

Veja o ranking do Painel Coronavírus:

Dez unidades federativas com maior incidência de mortes por Covid-19 em 100 mil habitantes:

1. Distrito Federal 103,8
2. Rio de Janeiro 103,1
3. Roraima 101,7
4. Ceará 96,9
5. Amazonas 95,7
6. Mato Grosso 93,8
7. Sergipe 86,7
8. Espírito Santo 85,7
9. Pernambuco 84,3
10. Amapá 82,2

Dez unidades federativas com maior incidência de casos da Covid-19 em 100 mil habitantes:

1. Roraima 8.013,4
2. Distrito Federal 6.147,0
3. Amapá 5.573,3
4. Tocantins 4.086,4
5. Rondônia 3.588,8
6. Sergipe 3.314,6
7. Mato Grosso 3.311,9
8. Amazonas 3.201,6
9. Espírito Santo 3.132,1
10. Acre 3.089,3

0
Flexibilização

A situação da capital na comparação com outras unidades federativas agrava-se no momento em que diversas atividades são liberadas. Na segunda-feira (21/9), as escolas particulares reabriram, seguindo calendário de retorno com estudantes da educação infantil e do ensino fundamental 1.

Na terça-feira, (22/9), decreto do GDF autorizou o uso de piscinas nos clubes da capital, mediante agendamento.

Nesta semana, o Executivo local também liberou eventos corporativos, futebol amador, piscinas, saunas e parques de diversão, além de treinos e competições esportivas sem público. O público também está autorizado a sair do carro durante eventos em drive-in no DF

Últimas notícias