Corpo de professor do DF é encontrado carbonizado em cidade do Entorno

A notícia foi divulgada pelo Sinpro neste domingo (6/3). Denes Marlio Lima Neres, 26 anos, dava aulas de inglês no Centrão, em Planaltina

atualizado 06/03/2022 15:56

Professor assassinado no EntornoDivulgação/Sinpro-DF

O corpo do professor de inglês Denes Marlio Lima Neres, de 26 anos, foi encontrado carbonizado em Planaltina de Goiás (GO), no Entorno do Distrito Federal, neste sábado (5/3).

Segundo informações divulgadas em nota de pesar do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF), Denes foi assassinado.

O educador foi visto pela última vez no feriado de Carnaval, na última terça-feira (1º/3), na região de Planaltina de Goiás. Desde então, ele era procurado por amigos e familiares. De forma trágica, o corpo do jovem foi encontrado carbonizado neste fim de semana, nas proximidades da mesma região.

A história de Denes se confunde com a de várias pessoas que deixam família e sua cidade natal em busca de melhores condições de vida. Apaixonado pelo magistério, o professor foi aprovado no último concurso para contrato temporário no Distrito Federal.

De acordo com o Sinpro-DF, Denes era natural de Teresina (PI) e se mudou para a capital federal, onde começou a trabalhar no Centro de Ensino Médio 01 (Centrão) como professor de inglês. No início de março, saiu de casa para visitar alguns parentes em Brazlândia e desapareceu.

“Nesta situação trágica que hoje se encontra a família do professor Denes, amigos, a comunidade escolar do Centrão e familiares pedem ajuda para que o corpo possa ser levado para Teresina, onde moram sua mãe e seus irmãos. Diante do alto valor, em torno de R$ 9 mil, o transporte precisa ser feito de forma terrestre, quantia que a família não possui”, descreve a instituição na nota.

O sindicato pede para aqueles que quiserem contribuir, que  transferiram as doações pelo Pix de Analija Maria da Silva, cunhada do professor (pelo CPF: 02361768380), para que a família possa ter condições de realizar o traslado.

O comprovante de transferência pode ser enviado para a gestora do CEM 01, Nedma Guimarães, no número (61) 99940-5215.

“Em momentos como este, de dor e de tanta tristeza, o amor e o respeito podem ser demonstrados com a caridade. A diretoria do Sinpro lamenta que mais uma vida tenha sido ceifada de forma tão cruel, trágica e violenta, e se solidariza com amigos, familiares e companheiros(as) que perdem mais um idealista que tinha como sonho levar o amor, o conhecimento e a educação para as futuras gerações”, finaliza o Sinpro-DF.

Mais lidas
Últimas notícias