Corpo de atleta do DF que morreu na França chega ao país e é enterrado

Iago Victor dos Santos, 26 anos, sofreu infarto após uma partida de futebol na França. Família fez vaquinha para trazer o corpo ao Brasil

atualizado 21/03/2022 13:37

Atleta do DF na FrançaReprodução

Após 21 dias de sofrimento e apreensão, amigos e familiares do atleta Iago Victor dos Santos, 26 anos, puderam dar o último adeus ao jovem nesse domingo (20/3), no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul. O jogador sofreu um infarto depois de uma partida de futebol na França e morreu, em 27 de fevereiro. Desde então, a família do jovem tentava trazer o corpo para ser velado em sua terra natal.

Com grande repercussão e mobilização nas redes sociais, a família de Iago conseguiu arrecadar o valor da repatriação por meio de doações. Para trazer o corpo do atleta da Europa, custou cerca de 15 mil euros, aproximadamente R$ 69 mil. A família conseguiu, ainda, mil reais a mais.

Conheça o atleta do DF que morreu na França e está mobilizando a web

O enterro do jovem reuniu cerca de 100 pessoas vestidas com camiseta branca “Iago Victor 10” , em homenagem ao meia-atacante. Em discurso emocionado, o irmão de Iago, Pedro Gabriel Felipe dos Santos, 34 anos, disse que não queria falar de dor e só lembraria do atleta feliz e sonhador.

“Prefiro lembrar do meu irmão feliz e sonhador como ele era. Eu perdi meu irmão, vocês perderam o amigo de vocês. Só tenho que agradecer a ajuda de todos. Obrigada por amarem meu irmãozinho”, comentou Pedro.

0

 

Ao Metrópoles, Pedro disse estar agradecido a todos que ajudaram com a vaquinha, para bater a meta estipulada. “É muito difícil saber como agradecer esse movimento feito por todos nós. Deus é bom, gerou comoção nos corações espalhadas pelo mundo para ajudar a minha família”, emociona-se.

O enterro do jovem repercutiu entre os colegas nas redes sociais. Em uma publicação, um amigo de Iago despediu-se do atleta. “Até breve meu irmão. Te amarei até o fim dos meus dias. Nunca irei superar!”, escreveu. “Nosso carinho e gratidão por termos tido o privilégio de conhecer e tê-lo em nossa família será eterno, será sempre lembrado com carinho e amor pela pessoa incrível que é”, lamentou uma familiar.

Infarto

Iago Victor estava há três anos longe da família. O morador de Vicente Pires, vivia do futebol profissional na Europa e já tinha passado por times na Espanha, Portugal e Bélgica, e agora, fazia testes para clubes franceses. Após jogo decisivo, na tentativa de passar em algum processo seletivo, Iago sentiu-se mal e teve parada cardiorrespiratória. Ele chegou a ser socorrido por um colega de quarto e equipes de primeiro socorros, mas não resistiu.

O irmão de Iago, Pedro Gabriel Felipe dos Santos, 34 anos, revelou ao Metrópoles que passou por momentos traumáticos. Ele foi avisado do infarto do irmão e decidiu acompanhar a reanimação de longe, por chamada de vídeo.

“Recebi a notícia do infarto pela noiva dele. Na mesma hora fiz chamada de vídeo com o colega de quarto e vi as equipes tentando reanimar o meu irmão. Fiquei acompanhando tudo, até que me comunicaram a morte. Foi o pior dia da minha vida”, relembra o irmão.

O atleta planejava uma viagem à Brasília para rever os familiares, no fim do 2022. Iago deixa noiva, que também mora na França, a mãe e três irmãos.

Mais lidas
Últimas notícias