Coronavírus: festa no DF acabou com pelo menos três infectados

Evento 99 Xclusive Lab ocorreu nos dias 15 e 16 de março e reuniu quase 100 pessoas no Setor de Clubes Sul

atualizado 26/03/2020 18:56

Os recentes decretos do Executivo local recomendando medidas de isolamento para conter risco de contágio pelo novo coronavírus não inibiram produtores brasilienses de realizarem uma festa apenas dois dias após a publicação da primeira determinação.

Realizada em 15 e 16 de março, a 99 Xclusive Lab reuniu quase 100 pessoas no Setor de Clubes Sul. Na época, o Governo do Distrito Federal (GDF) já havia publicado um primeiro decreto determinando a suspensão de eventos com mais de 100 participantes.

Mesmo com a norma em vigor, produtores decidiram reduzir o público da festa e mantiveram a programação. Ocorre, no entanto, que três dos presentes entraram em contato com os organizadores nesta semana afirmando que foram diagnosticados com Covid-19.

Segundo um produtores da festa, Julio Cardia, um dos participantes já realizou o teste, que confirmou a doença, enquanto os outros dois foram diagnosticados em consultas médicas.

Pelas redes sociais, Cardia fez questão de alertar os demais presentes na festa: “Uma das pessoas da festa que produzi teve teste positivo para o coronavírus”.

Ainda na gravação, o produtor afirma ter tomado conhecimento de mais casos. “Conversando com ele e com outras pessoas, descobri que a gente tem um teste positivo para o A.N., que estava na festa no sábado. Então, a gente tem uma confirmação no sábado e no domingo.”

“Se você esteve lá em algum desses dias, mantenha-se em quarentena, tome cuidado. A gente não sabe se na festa eles estavam transmitindo ou não. Eu mandei um e-mail para todo mundo que foi no evento, todo mundo já está sabendo”, assinala o organizador.

Comunicado

Ao Metrópoles, Cardia afirmou ter sido comunicado do terceiro caso nessa terça-feira (24/03). “Nossa festa seguia as determinações do decreto, havia menos de 100 pessoas e foi realizada em um espaço de 108 metros quadrados, mantendo a distância recomendada de um metro entre os presentes”, explicou.

Vale ressaltar que, à época, não havia punição prevista para quem descumprisse a determinação. Segundo o GDF, o “decreto apenas acrescenta medidas” e “não prevê qualquer sanção, pois tem como objetivo orientar”.

Sintomas

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (SES-DF), o Distrito federal tinha 161 casos do novo coronavírus até a tarde dessa terça. Além disso, a capital registra 3.666 pacientes suspeitos. Mas quais são os indícios da doença?

Os sintomas das pessoas infectadas pelo coronavírus geralmente são tosse seca, febre e cansaço, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Alguns pacientes podem ainda sentir dores no corpo, inflamação na garganta ou diarreia.

Há, ainda, sintomas mais graves, como o comprometimento do quadro respiratório do infectado. O coronavírus pode causar inclusive insuficiência respiratória aguda, congestionamento nasal, espirros e até pneumonias.

Últimas notícias