Coronavírus: 29% dos produtores e empregados da Ceasa testam positivo no DF

GDF testou colaboradores do local nos últimos dias. Balanço divulgado nesta quarta mostra que cerca de 3 em cada 10 já estiveram infectados

atualizado 26/08/2020 16:05

Feira do Ceasa: SIA Trecho 10Michael Melo/Metrópoles

O Governo do Distrito Federal (GDF) realizou testes de Covid-19 em produtores e colaboradores da Central de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) ao longo dos últimos dias. Segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (26/8), dos 1.887 submetidos ao exame, 553 testaram positivo.

O número de pessoas que tiveram contato com o novo coronavírus representa 29% do total. Isso significa que cerca de três em cada 10 produtores que atuam na Ceasa-DF já estiveram contaminados.

Segundo o governo, a iniciativa contou com apoio de várias associações de classe. Foram postos à disposição 2 mil testes rápidos, em quatro dias de testagem.

Do total de pessoas que fizeram o exame, 1.334 receberam resultado negativo para a doença. Já entre os produtores e empregados que tiveram algum contato com o vírus, 424 estão curados e 129 ainda permanecem infectados – 6,8% do público submetido à testagem.

0

O governo declarou que as pessoas testadas positivamente foram afastadas imediatamente de suas funções e orientadas por equipes da Secretaria de Saúde. Ainda de acordo com o Executivo local, “todos os protocolos necessários para garantir a segurança delas e de seus familiares estão sendo cumpridos”.

Após a conclusão dos testes, se comprovada a necessidade, uma nova testagem poderá ocorrer em, no máximo, 30 dias.

Coronavírus no DF

O DF registrou entre a noite de terça-feira (25/8) e a tarde desta quarta (26/8) uma morte causada por coronavírus. Desse modo, a cidade chega a 2.378 vítimas da doença.

No total, 154.095 pessoas foram infectadas pela Covid-19, sendo 405 registradas entre terça (25/8) e quarta (26). Por outro lado, 135.303 (87,8%) conseguiram se recuperar da doença.

Últimas notícias