Conheça a história de Elielza, destaque no ramo de construção no DF

Aos 40 anos, Elielza Vieira De Moraes é técnica de planejamento numa empresa nacional de fabricação de cimentos e conta como chegou até lá

atualizado 09/05/2021 23:10

Elielza de MoraesDivulgação

A mensagem que Elielza Vieira De Moraes passa aos seus filhos, embora resumida em poucas palavras é: “Não desista dos seus sonhos. É preciso ter paciência”. Aos 40 anos, a técnica de planejamento tem muita história para contar. Ela passou este domingo das mães (9/5) ao lado de seus filhos: Eliel, Mariana e Ronald- 5, 13 e 19 anos de idade, respectivamente; e do esposo, Ronaldo.

“É um momento muito bom. Prezo por essa união”, destacou em relação à data.

A trajetória de Elielza é de destaque no ramo onde atua. Começou há 15 anos como ajudante de manutenção na Votorantim Cimentos, empresa em Sobradinho onde trabalha até os dias atuais, e, então, participou do programa Evoluir, do Senai, que capacita mão de obra local.

Foi ela a primeira mulher da empresa a manusear caixas de ferramenta da fábrica de cimentos: Elielza domina facilmente o uso de martelos e chaves de fenda para o conserto das máquinas que ensacam produtos.

0

O destaque de Elielza também se deve ao fato de ter obtido sucesso numa área de especialização onde a maioria dos trabalhadores ainda é homem. “Me sinto muito tranquila”, afirma ela. “Os meus colegas me ensinavam bastante no começo. Acabamos criando um vínculo de amizade”.

Os planos dela não param por aí. Futuramente, após a pandemia, Elielza ainda pretende ingressar em uma faculdade.

“Não desista dos seus sonhos. Busque sempre oportunidades”. ” Que seja por um estágio ou por um programa de jovem aprendiz. A gente conseguiu, começou de baixo, mas a gente conseguiu: é devagar e precisa de paciência”.

Últimas notícias