Comandante do Corpo de Bombeiros do DF pede exoneração do cargo

O coronel Emilson Ferreira se reuniu com a tropa na tarde desta terça-feira (10/12/2019) e anunciou sua saída. Não foi divulgado substituto

atualizado 10/12/2019 16:55

Divulgação

O comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, coronel Carlos Emilson Ferreira dos Santos, pediu exoneração do cargo. Por volta das 15h40 desta terça-feira (10/12/2019), ele assinou documento formalizando a saída do comando da corporação.

Antes disso, o coronel se reuniu com os militares que o acompanham desde fevereiro, quando assumiu o cargo e comunicou a decisão. “Não podia sair sem informá-los. Não é só assinar um documento; é dar satisfação a uma tropa que correspondeu muito bem a tudo que propus durante esse ano que passou”, afirmou o coronel ao Metrópoles.

Assista ao momento do comunicado:

Agora, o ex-comandante entra de férias e deve pedir em janeiro de 2020 para ser reformado. Ele solicitou que a comunicação dos Bombeiros divulgasse comunicado oficial no Twitter. Veja:

Segundo o coronel, a saída dele não está relacionada às negociações de aumento salarial pleiteado pela categoria. Ainda não foi publicado o nome do substituto para o coronel Emilson.

Últimas notícias