Com explosão de casos de gripe e Covid, PMDF suspende curso presencial

Ao todo, 745 alunos foram convocados para o período de treinamento. Desses, 111 teriam sido infectados, segundo um grupo de miltares

atualizado 11/01/2022 20:47

Policiais MilitaresPMDF/Divulgação

Como forma preventiva, após um aumento de infecções por coronavírus e pela gripe nos últimos dias, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) suspendeu a modalidade presencial do Curso de Formação de Praças (CFP VIII), iniciado em 27 de dezembro do ano passado.

Ibaneis Rocha confirma planos de lançar concurso para a PMDF

Um grupo de futuros PMs que participa do treinamento disse à reportatem que são 111 infectados. O comando da PMDF confirmou a interrupção das atividades na modalidade presencial, mas não disse se o número de contaminados procede.

Ao todo, 639 homens e 106 mulheres foram convocados para o período de treinamento de sete meses na Diretoria de Especialização e Aperfeiçoamento (DEA), em Taguatinga.

0

Em nota, a PMDF informou que manteve o curso em andamento. Porém, na modalidade EAD “para que os alunos não tenham prejuízo na formação”.

Veja a nota, na íntegra:

A Polícia Militar possui um rigoroso protocolo sanitário, que foi submetido a secretaria de saúde do DF, aprovado e está sendo cumprido. O caso é avaliado diariamente pelos departamentos de ensino e cultura e de saúde da corporação“.

Caso parecido

Não é a primeira vez que a preparação de PMs precisa ser interrompida por causa do coronavírus. Em agosto de 2020, como mostrou o Metrópoles, alunos do Curso de Formação de Oficiais (CFO) denunciaram casos de descumprimento de medidas de segurança por parte de oficiais da corporação durante a pandemia do novo coronavírus.

Na conta da própria PMDF, o total de alunos diagnosticados com a doença chegou a 44 cadetes à época.

Mais lidas
Últimas notícias