Codhab lança edital de convocação para habitações no Recanto das Emas

Empreendimento no Recanto das Emas terá mais de 5,7 mil moradias; chamamento de interessados a se candidatar foi publicado no Diário Oficial

atualizado 08/06/2022 15:56

Habitação popular Daniel Ferreira/Metrópoles

Em edital publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), na edição desta quarta-feira (8/6), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab) convoca associações e cooperativas interessadas em apresentar candidatura ao empreendimento Reserva do Parque, no Recanto das Emas. O projeto prevê cerca de 5.750 mil moradias.

A manifestação de interesse, assim como da demanda dos respectivos candidatos, deverá ser feita através do aplicativo Codhab Cidadão e por ofício direcionado à companhia.

Para participar, é necessário que as cooperativas e associações credenciadas na Codhab estejam em dia com seus deveres estatutários, legais e financeiros, assim como as demais obrigações junto à companhia. Será destinada a cada entidade habitacional a mesma quantidade de unidades no empreendimento.

As demandas de candidatos que serão apresentadas pelas entidades, por meio de seus representantes, deverão obedecer aos critérios da Lei nº 3.877/2006 e demais legislações que versam sobre a Política Habitacional de Interesse Social.

Segundo a Codhab, a cooperativa ou associação que não concluir a apresentação da demanda de candidatos para o projeto no prazo estabelecido terá as vagas devolvidas à companhia para uma nova redistribuição.

O prazo de recebimento dos anexos I, II e III do edital será de dez dias a contar da data da publicação. A entrega deve ser feita em horário comercial no Protocolo da Codhab, localizado no Setor Comercial Sul, Quadra 6, Bloco A, Edifício Sedhab, Brasília-DF.

*Com informações da Codhab

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Quer receber notícias do DF direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesdf.

Mais lidas
Últimas notícias