Clientes são surpreendidos com banco fechado devido a “vistoria da PF”

Agência do centro comercial Gilberto Salomão, no Lago Sul, passou por uma grande reforma e terá de ser inspecionada pela Polícia Federal

Andre Borges/Esp. MetrópolesAndre Borges/Esp. Metrópoles

atualizado 11/06/2019 22:31

Uma mensagem fixada na porta e nos caixas eletrônicos da agência do banco Itaú localizada no centro comercial Gilberto Salomão, no Lago Sul, pegou os clientes de surpresa. O aviso diz que a unidade ficará fechada para vistoria da Polícia Federal no período de 10 a 14 de junho. O comunicado aconselha que os clientes procurem a unidade mais próxima, na 516 Sul.

A reportagem entrou em contato com o banco e foi informada de que a agência do Gilberto Salomão passou por uma grande reforma nas últimas semanas e, sempre que isso acontece, é necessário reformular o plano de segurança.

“Pela legislação, uma agência bancária não pode abrir para atendimento enquanto o novo plano de segurança não for aprovado pela Polícia Federal, por isso a unidade está fechada”, informou o Itaú.

Segundo o banco, esse procedimento é bastante comum e necessário para o retorno das atividades. O prazo para a vistoria é de cinco dias.

Questionada sobre a medida, a Polícia Federal não havia respondido a reportagem até a última atualização deste texto.

Últimas notícias