Chuva provoca engarrafamento, acidentes e deixa metrô sem luz no DF

Moradores do Lago Sul, Guará e de Taguatinga registraram precipitações no início da tarde. Em Águas Claras, foi observado pico de luz

atualizado 21/10/2020 18:40

Falta de luz em estação do metrôMaterial cedido ao Metrópoles

A chuva que atingiu o Distrito Federal na tarde desta quarta-feira (21/10) trouxe de volta situações recorrentes. Vários pontos da cidade foram afetados com problemas no trânsito e falta de energia, como no caso de algumas estações do metrô, que ficaram inoperantes. A estação de Ceilândia Sul ficou sem luz pelo menos até as 18h30.

Estações como Galeria e Shopping estiveram, momentaneamente, paradas. “Atenção, usuários! O metrô-DF informa que, devido a descargas elétricas em função das fortes chuvas desta tarde (21/10), algumas estações ficaram sem energia. As equipes de operação e manutenção estão trabalhando para restabelecer o sistema de energia e sinalização”, informou o sistema de transporte, em nota.

Moradores do Lago Sul, Guará e de Taguatinga também registraram chuva forte no início da tarde. Em Águas Claras, houve picos de luz.

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), a chuva intensa atingiu várias rodovias – algumas pistas ficaram cobertas de água em frente ao Taguatinga Shopping.

Na Estrada Parque Aeroporto (Epar), um motorista perdeu o controle do veículo e colidiu com muretas de concreto. Na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) Sul, um caminhão ficou preso próximo ao viaduto de acesso à Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB).

Na Asa Sul, segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), foi necessária a realização de poda emergencial de árvores na região.

Por volta das 16h, a Defesa Civil emitiu alerta sobre a possibilidade de chuva forte, com ventos intensos e trovoadas isoladas.

“Cuidado e atenção com pontos de alagamento. Emergência ligue 193”, dizia o comunicado.

Veja algumas imagens do dia:
0

 

 

Últimas notícias