*
 

Filho do ex-deputado distrital Raad Massouh, Raad Júnior, 21 anos, foi preso em Planaltina na noite dessa segunda-feira (10/9). A Polícia Militar o encaminhou para a 31ª DP (Planaltina) por porte ilegal de arma. Filiado ao PSDB, Raad Jr. é candidato a deputado distrital nas eleições de outubro.

De acordo com a ocorrência, o jovem político estava em um carro modelo Jetta, da cor branca, quando foi parado em blitz na DF-345, Km 10, às 19h40. Raad estava com dois rapazes e uma moça. Todos apresentaram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) aos militares.

Durante a abordagem, a Polícia Militar localizou quatro munições de calibre .32 no console central do carro. Os militares questionaram se haviam armas no automóvel e os jovens negaram. Durante a revista no porta-malas do carro, entretanto, os PMs encontraram uma mochila de cor preta com uma pistola calibre .380, com 17 munições e uma outra de ar comprimido, conhecida como airsoft.

Raad, inicialmente, assumiu a propriedade das duas pistolas e da mochila. Após alguns minutos, ele  disse que a arma era do pai e que tinha registro, mas não o portava.

No carro, também foram encontradas duas porções de maconha em um pequeno recipiente de plástico transparente e três adesivos de LSD. A respeito dos entorpecentes, um outro jovem disse que eles lhe pertenciam e que os comprou na cidade de São Jorge (GO).

Ao chegar na 31ª DP, o delegado arbitrou uma fiança de R$ 1 mil a Raad Jr., que pagou o valor e foi colocado em liberdade. Com relação às drogas, o outro envolvido foi autuado por porte de substância para consumo pessoal. Ele assinou um termo de compromisso e também acabou solto. As armas e porções de entorpecentes foram apreendidas.

A reportagem não conseguiu contato com Raad Jr. até a última atualização da reportagem. O ex-distrital Raad Massouh também não retornou as ligações.