Campus Party deve receber 150 mil visitantes, afirma secretário

Expectativa era de que 70 mil pessoas fossem à feira de tecnologia nos cinco dias de evento. Somente nessa sexta (25/3), foram 50 mil

atualizado 26/03/2022 18:38

pessoal sentadas em palcoRafaela Felicciano/Metrópoles

A quarta edição da Campus Party Brasília (CPBSB), um dos maiores eventos de tecnologia do país, deve bater as expectativas de público, segundo o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Gilvam Máximo. A organização esperava 70 mil pessoas nos cinco dias de evento, mas somente nessa sexta-feira (25/3) passaram 50 mil pessoas pela feira de inovação.

“Sucesso total. Brasília tem uma vocação para a área de tecnologia, e o que estou observando é que a juventude entrou de cabeça. Os jovens querendo conversar, estão entusiasmados, virou uma festa”, comemorou Máximo.

Veja fotos da Campus Party neste sábado: 

0

A Campus Party visa aproximar desenvolvedores, empreendedores, pesquisadores e cidadãos mediante palestras, apresentação de projetos e atividades de formação em diversos temas, como internet das coisas, blockchain, cultura maker, empreendedorismo, workshops e hackathons (maratona de programação). O evento, realizado no Estádio Nacional Mané Garrincha, começou na quarta-feira (23/3) e vai até este domingo (27/3).

“Nós vamos fazer de Brasília um hub de tecnologia para o Brasil e o mundo. Eventos como esse proporcionam esse ambiente e atmosfera. Queremos fazer virar uma cultura e dar oportunidade pra esses garotos com políticas públicas do governo local”, afirmou o chefe da Secretaria de Tecnologia.

A programadora Camila Marques, 26 anos, da comunidade PyLadies DF, aproveitou o evento para divulgar a cultura tecnológica para o público feminino. “Estamos focadas em promover workshops para que as mulheres aprendam Python” explica. “Independentemente de se você for iniciante ou de já trabalhar na área, nós vamos te acolher”, garantiu a programadora.

Camila explica que o evento é uma oportunidade para as mulheres que trabalham com tecnologia terem mais visibilidade, sejam as palestrantes ou aquelas que estão conhecendo a programação. “A gente acaba tendo contato com outras pessoas e dando oportunidade para palestrantes mulheres”, afirmou Camila.

garotas seguram cartaz
Comunidade de mulheres programadoras do DF. Da esqueda p/ direita: Camila Marques, Jessica Gontijo, Kadidja Valéria, Keline Dantas, Sarah Tuyani
Confira as três áreas do Campus Party:

Arena
Quarta-feira (23): das 11h às 21h
Quinta, sexta e sábado (24, 25 e 26): das 9h às 21h

Área Open
Quinta, sexta e sábado (24, 25 e 26): das 9h às 21h
Domingo (27): das 9h às 17h

Camping
Das 11h de quarta-feira (23) até as 18h de domingo (27)
Funcionamento 24h

Veja mais fotos do evento:

0

Mais lidas
Últimas notícias