metropoles.com

Vídeo: caminhão de lixo tomba sobre 3 veículos e deixa feridos em Águas Claras

Veículo tombou lateralmente sobre três carros, na Rua 33 Sul. Dois funcionários do SLU que estava no caminhão de coleta ficaram feridos

atualizado

Divulgação/CBMDF

Um caminhão de lixo tombou lateralmente e atingiu três veículos, parados em um estacionamento de Águas Claras. O acidente aconteceu por volta das 9h desta quarta-feira (22/3) e deixou duas pessoas feridas.

Corpo de Bombeiros (CBMDF), Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) acompanharam a ocorrência, que deixou o trânsito próximo à Rua 33 Sul congestionado.

Veja imagens:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

 

Os carros atingidos pelo caminhão foram: um Ford Fiesta branco, um Fiat Argo prata e um Volkswagen T-Cross azul.

O Fiesta, automóvel mais atingido, ficou com a parte traseira totalmente destruída. Não havia ocupantes no veículo. No caso do T-Cross, uma estrutura semelhante à de um guincho, na parte superior do caminhão, quebrou a janela e atravessou a parte interna do carro.

Duas pessoas que estavam no veículo precisaram de atendimento e foram levadas para o hospital pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A PMDF informou que o caminhão tombou sobre os carros ao fazer uma curva. A corporação acrescentou que as causas do acidente serão investigadas e orientou os condutores a redobrar a atenção no trânsito.

Assistência

Inicialmente, o CBMDF informou que o caminhão pertencia ao Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Depois, comunicou que seria da empresa Valor Ambiental, mas a companhia negou a informação ao Metrópoles.

Em nota, o SLU informou que o caminhão, do tipo compactador, pertence à prestadora de serviços Suma Brasil. Os dois funcionários da coleta que estavam no veículo sofreram escoriações; o motorista não se feriu.

A seguradora da Suma Brasil foi acionada vai ressarcir os danos materiais aos donos dos veículos. “Dados de GPS do caminhão apontam que, no momento do acidente, o veículo estava a 12 km/h. Ele estava em boas condições e passou por revisão recentemente, em 18 de janeiro”, comunicou o Serviço de Limpeza Urbana. “O SLU presta toda a assistência necessária aos trabalhadores e está em contato com os proprietários dos veículos atingidos.”






Quais assuntos você deseja receber?